Categoria: Literando o Cotidiano

clara

Clara

A porta se abre devagar. João olha pela fresta e vê que Clara ainda dorme profundamente. Abre mais a porta e entra no quarto com um urso enorme, talvez do tamanho de sua pequena Clara. Ele repousa o urso em cima da mesa e observa o sono profundo da menina. Ao lado da cama há…

garca-e-o-indigente

Quem és… ?

Quem és tu, oh Garça? A voar livre dentre as poucas árvores remanescentes… Quem és tu, Oh Indigente? Que repousa sereno em um gramado sem nome… Quem viu a Garça? Andando majestosa em direção ao Indigente… Quem viu o Indigente? Quem vê um Indigente? Quem és tu, oh governador? Cujo número e nome invadem sem…

O Amor de um Pai

O Amor de um Pai

Certa feita, um homem muito rico, encontrou-se bem velho e solitário. Havia trabalhado durante toda a vida e acumulado bastante riqueza que lhe garantia um passar dos dias sem necessidades. Aquela altura, o homem notou que todo o seu empenho no trabalho não lhe havia deixado espaço para se relacionar com ninguém. Ele estava rico, era…